Arquivo

Archive for the ‘É o Bicho’ Category

Iniciativa do Centro de Controle de Zoonoses abre oportunidade de adoção

Por Vanessa Faria

Objetivo do projeto é incentivar a posse responsável e diminuir população animais abandonados na Cidade

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura abriu, no último dia 19 de outubro (domingo), a oportunidade de adoções de cães e gatos. A iniciativa conta com o apoio do Jornal Diário de Guarulhos (DG), da Prefeitura de Guarulhos e de ONGs protetoras de animais, como a Deixe Viver.

Cães e Gatos podem mudar uma vida

 A feira de animais foi aberta ao público das 9h às 15h na sede da CCZ e contou com a participação de pessoas de todas as idades. A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou ônibus gratuito com saída do Parque Bosque Maia em direção ao Centro de Zoonoses localizado no jardim Triunfo. O objetivo do projeto é incentivar a posse responsável e diminuir a população animais abandonados na Cidade.

 Para adotar um animal é muito fácil, basta ir à CCZ ou entrar em contato com as ONGs Deixe viver, Mi&Au e Vida em Prosa que entregam o bicho vacinado e vermifugado ao interessado. Para adoção é preciso levar o RG e preencher um termo de responsabilidade. As medidas visam proteger o bichinho.

 A CCZ faz feiras de doação uma vez por mês no Internacional Shopping Guarulhos. “As ONGs levam os bichinhos no local do adotante. Ainda assim é preciso haver mais divulgação para incentivar mais adoções”, diz a jornalista do Diário de Guarulhos, Tatiana Cavalcanti, uma das idealizadoras da coluna PET que sai aos domingos no DG. 

 O animal não é castrado, mas para fazê-lo, a CZZ juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde expandiu o número de cirurgias de esterilização em 17 bairros de Guarulhos e é feita de graça.

 Serviços:

Centro de Controle de Zoonoses – Jardim triunfo – Bonsucesso Rua Santa cruz do Descalvado, nº, 506. – Guarulhos – Fone: 24363666)

Categorias:É o Bicho

Instituição traz programação especial no mês das crianças

Por Roseane Evangelista
  

Zoológico tem animais exóticos e traz museu e sala de leitura aos visitantes 

Instituição oferece atividades de lazer, museu, centro de educação ambiental, sala de leitura e conta com cinco lagos e uma pequena mata secundária em seus 70.000 m², contribuindo com a conservação da biodiversidade

Grande atração do Zoológico é a leoa Maya

 

O ZoológicoMunicipal de Guarulhos tem 400 animais de diferentes espécies e proporciona lazer saudável e gratuito a população. Contribui para a conservação da biodiversidade da cidade por meio de educação ambiental e diversas atividades como pesquisa científica e reprodução de espécies. Para o visitante Luciano Araújo, esse tipo de lazer se torna caro em casos de famílias grandes, e a opção gratuita leva as crianças que nunca foram ao zoológico à oportunidade de conhecê-lo. 

 

 Além das atividades regulares como o museu e a sala de leitura, as crianças têm a oportunidade de conhecer a cozinha do Zoológico que, segundo a veterinária Claudia Igayara, é adaptada de acordo com a alimentação do animal. “A dieta dos animais é adaptada, com base no que eles costumam comer na natureza que é uma dieta especializada. Cada animal tem um cardápio apropriado com os itens fornecidos de acordo com uma planilha de balanceamento para fornecer nutrientes necessários”, afirma Claudia. 

Os mais de 400 animais vivem em cativeiros adaptados ao seu habitat, e contam com setores de manutenção, clínica veterinária, laboratório e biotério, onde são criados e mantidos animais como ratos, cães e coelhos, e uma equipe composta por biólogos, médicos veterinários e tratadores.

 



Serviços:

Zoológico Municipal de Guarulhos
Horário de funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h
Av. Dona Glória Pagnoncelli, 344 – Jd. Rosa de França
11 2455-4999 / 11 2455-6497

 

 

Categorias:É o Bicho

O seu cão tem sentimento

Por Aline Assis

Muitas pessoas não sabem, mas o cachorro tem sentimentos e pode até morrer de depressão

O abandono de  cães, não afeta somente a população, mas também o cachorro.O animal possui sentimentos, e ser abandonado ou até mesmo maltratado pode causar danos no bichinho.Depressão é uma doença muito comum em cães. Assim como para o homem, muitos são os motivos que levam os cães sofrerem de deste mal. O mal mais freqüente é a solidão. Um cachorro, quando é adotado, se envolve com o dono,  e se ficar mudando de casa varias vezes pode deixá-lo um pouco confuso (e pode ficar doente quando retirado da companhia de seu proprietário e do lar com o qual está acostumado.    

Cães com ansiedade de separação são muitas vezes obedientes e bem treinados, mas nem todos os cachorros conseguem superar esse trauma. A ansiedade de separação é então considerada como o resultado de um estresse pela ausência do dono. Uma pesquisa feita em 12 abrigos, nos Estados Unidos, para saber por qual motivo os cães são abandonados ou devolvidos, As somas passam de 100% porque um dono pode ter alegado mais de um motivo para abandonar seu animal 

18,5% Suja a casa

12,6% Destrutivo fora de casa

12,1% Agressivo com pessoas

11,6% Tem o vício de fugir de casa

11,4% Ativo demais

10,9% Requer muita atenção

10,7% Late ou uiva muito

9,7% Morde

9,7% Destrutivo dentro de casa

9,0% Desobediente

Apesar de o abandono de animais ser crime muitas pessoas ainda descartam cães e gatos nas ruas sem pensar nas conseqüências.                 Juliana Sbrissa, no entanto, colabora para diminuir as estatísticas sobre abandono de cães. Ela adotou Julie que já tinha sido devolvida ao Centro de Controle de Zoonoses de Guarulhos, pois quem a adotou anteriormente tinha crianças e, como Julie, na ocasião, já  não era um filhote e muito menos de pelúcia, não correspondia às brincadeiras dos filhos pequenos da antiga proprietária. Juliana fala que a cachorrinha, ao chegar a sua casa, aparentemente estava bem de saúde. Veio castrada, vermifugada e com chip de identificação, porém, ela era magra (cerca de 9Kg) e quieta, pois muito e o seu psicológico havia sido afetado.

Hoje, Julie está recuperada graças ao carinho de Juliana e o cuidado de veterinários ela tem 22 Kg como conta a dona, com cerca de 6 anos ela é uma espoleta ,com pessoal de casa ela sempre foi muito calma e carinhosa. Julie sabe o que fazer para nos agradecer pelo acolhimento.

Os animais, além de boa companhia, também são ótimos para levantar o alto estima e melhorar a saúde de que convive com eles. Assim como Juliana, muitas pessoas que adotam um animal têm boas experiências e mais alegria no dia a dia.

Categorias:É o Bicho